Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Petição à Google a favor do Orkut

segunda-feira, 7 de julho de 2014
Desde o dia em que a Google anunciou que o Orkut deixaria de funcionar a partir do dia 30 de setembro, muitos internautas se mobilizaram com mensagens diversificadas. No Facebook, muitos escreveram mensagens de nostalgia dessa rede social, que foi a primeira de muitos que acessam a internet atualmente. Em blogs, muita gente se mobilizou também para dedicar um post exclusivo ao Orkut (e é o que eu estou fazendo agora também). E no Avaaz, foi criada uma petição à empresa Google para que ela não feche o Orkut.
Na época de glória do Orkut, eu não era muito ligado à internet, então perdi muita coisa que é memorável para alguns usuários, mas quando ingressei nessa rede, gostei muito de poder me conectar com meus amigos do colégio e da minha antiga cidade; de poder ver fotos e postar fotos.
Ontem, li um post intitulado 10 coisas que você fazia no Orkut escrito por Marina Cortez Nunes, do blog "Vai, Aperta o Play" e me deu saudade mesmo daquela época. No post, ela citou duas coisas que eu inegavelmente fazia: olhar o perfil de uma pessoa que eu gostava, olhar não, frequentar e entrar em comunidades. Uma vez criei uma comunidade - A amazônia é nossa - que chegou a ter mais ou menos 30 membros. Nessa época, eu era estagiário na biblioteca da universidade aqui da minha cidade. Então, eu pegava várias folhas de papel e desenhava o mapa do Brasil  com alguns dizeres e o nome da comunidade e depois colocava no meio de alguns livros do acervo. Se duvidar, até hoje deve ter uma dessas folhas em algum livro de lá.
Imagem: www.orkut.com.br
Com o tempo, o Orkut passou por várias reformulações, algumas boas, outras nem tanto. Lembro que na época da Copa, era possível trocar o tema para um verde amarelo, fugindo daquele padrão. Depois, foram criados vários temas e o usuário podia trocar quantas vezes quisesse. Os aplicativos também fizeram sucesso, tanto que até hoje eles existem e se espalharam por outras redes sociais também. Nunca gostei das famosas fazendas e colheitas felizes - quem é que vai tá feliz colhendo debaixo de um sol escaldante? Mas gostei mesmo foi do Buddy Poke, no qual "dei meu corassaum" pra uma moça que eu gostava e ela nunca retribuiu, nem sequer me devolveu o coração.
Meu antigo nick no Buddy Poke
Deixando a parte nostálgica da coisa, vamos ao que interessa. No Avaaz, "a maior e mais efetiva comunidade de campanhas online para mudanças", foi criada uma petição à Google (na petição, está "ao Google", mas uma vez vi uma explicação dizendo que quando o artigo é masculino, se está referindo ao site google e quando é feminino, está se referindo à empresa google) pedindo que ela não encerre a rede social Orkut. O ponto destaque da petição é que esta rede social tem um dos melhores modelos de organização de fóruns por meio das comunidades. Nesse ponto, concordo plenamente. Não há outro serviço na web de fóruns e discussão tão bom e organizado como nas comunidades do Orkut. Não estou falando de comunidades como "odeio acordar cedo" e etc, mas sim de comunidades que se referem a produtos e serviços em que o usuário podem tirar suas dúvidas e compartilhar seus conhecimentos. O Orkut, embora não seja mais tão habitado como antigamente, se mantém graças a essas comunidades.
Então, se você, como eu, quer que a Google preserve essa rede, ou a reformule mantendo as comunidades, assine essa petição, quem sabe a empresa volte atrás (porque voltar pra frente não dá). Até a próxima!
Clique aqui para assinar a petição à Google para que ela não encerre o Orkut
Comentário(s)
0 Comentário(s)
Nenhum comentário:
Postar um comentário