Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quase careca de saber

sábado, 30 de maio de 2015
Tenho a leve impressão de que o cabeleireiro estava bravo comigo, anteontem. Ao chegar no local, primeiro ele disse que eu parecia um homem das cavernas. Depois, cortou meus cabelos me deixando quase careca. O que aconteceu?

Foto do Willy Wonka sorrindo com dizeres: 'Jovem, e essa careca aí?'
Imagem: http://geradormemes.com


É sabido por alguns de vocês que até o final de 2013, eu era cabeludo. Sim, ainda sinto falta daqueles cachos bagunçados, até sonho com eles, às vezes. Deixei os cabelos crescerem desde 2009, ou um pouco antes, e a partir daí, só voltei a pisar em um cabeleireiro 5 anos depois.

Parece que eu não gostava muito desse profissional. E não gostava mesmo. Eu já não era muito bonito na época (agora estou bem bonitão), e pra piorar a situação, após cortar os cabelos, a situação piorava. Então, um dia, sem mais nem menos, decidi não mais cortar os cabelos. Passar longe dos cabeleireiros.

Mas em 2013, as coisas mudaram, mas não foi tão rápido assim. Precisou-se de anos de súplicas da minha mães, colegas e amigas para que eu tirasse meus cabelos pra lavar, como dizem alguns. E num dia frio (como o de hoje, aqui no Paraná), decidi adentrar-me num estabelecimento. E é neste local que corto os cabelos até hoje.

Vou uma vez a cada dois meses. Dessa vez, demorei mais e meus cabelos já estavam espantados. Grandes e tudo mais. Então, ao me ver, o cabeleireiro também se espantou a ver minha cara. "Tá parecendo um homem das cavernas com essa barba toda mal feita, você não tem vergonha não? O que a tua namorada acha disso?" - Ele disse. Eu respondi - "Namorada, que namorada, tio??? Tenho não (e pus-me a chorar). Não satisfeito com minha tristeza, ele pega a tesoura e começa a corta. Deixa o campo lisinho. Maldade pura.

Agora, estou aqui, um pouco careca e com mais frio do que nunca.
Comentário(s)
0 Comentário(s)
Nenhum comentário:
Postar um comentário